Anúncio

Anúncio

O perfil de Raquel Dodge desmente a Globo

Dessa vez quem escreve com máxima propriedade sobre a nova procuradora geral da República é nada menos que Eugênio Aragão, ex Ministro da Justiça. Opositor de Temer, tinha tudo para criticar Raquel a fim de desmerecer o governo atual. Não fez isso. Ao contrário. Mostrou que todas as insinuações maliciosas feitas pela Rede Globo e por seus comentarista não passam de um teatro armado para atingir os interesses unilaterais da emissora. Leia o que ele diz:

“Estamos diante de noticiário interesseiro e manipulador…Não me considero suspeito para falar sobre qualidades da Sra. Dodge…Não lhe nutro afeição e não faço parte de seu fã-clube. Nem quero fazer parte dele…”

“Longe, portanto, de ser sabujo ou interessado pessoalmente em qualquer aliança ou mesmo proximidade com Raquel Dodge, tenho que reconhecer que tem virtudes que podem a todos surpreender. Com certeza menina de recado não é e nunca será. É mais do tipo alpha-dog. Não é controlável. E não dará mole ao executivo federal…”

“Uma pessoa como a Sra. Dodge não é de fazer nenhum negócio obscuro à noite, em casa de político investigado e acusado de corrupção. Muito menos aceitará abraço de afogado de um sujeito cujo destino, mais cedo ou mais tarde, parece ser a cadeia. É só pensar friamente: Raquel chegou onde sempre quis e para isso deu muito duro. Tem trinta anos de mui produtiva carreira. E ainda pode ficar outros dezessete até se aposentar…”

“Foi Raquel Dodge uma das que mais lutou pelo estabelecimento das caravanas do CONATRAE, no enfrentamento do trabalho escravo, objeto de seus profícuos estudos de mestrado em Harvard. Dedicou-se à causa da justiça de transição, em parceria com Paulo Abraão, então no Ministério da Justiça. Atuou com Maria Eliane Farias na Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, onde fez um belo trabalho.

Definitivamente, a Sra. Dodge não é uma parceira do golpe. E, para uma pessoa com essas qualidades, que sobressaem no confronto com eventuais vícios que todos temos, é natural se reúna com Michel Temer para ouvi-lo e atender elegantemente demandas de natureza cerimonial que lhe faça. Nem me impressiona reunir-se eventualmente com Gilmar Mendes, que tem polemizado com o ministério público. Faz parte de seu legítimo esforço de aparar arestas no STF. E Raquel Dodge tem a licença moral para fazê-lo”.

Ler veículos Globo e antagonistas dá nisso: fica-se mal informado.

Resultado de imagem para raquel dodge

Uma resposta para “O perfil de Raquel Dodge desmente a Globo”

  1. Sei…tratar de cerimonial altas horas e fora da agenda no Jaburu com o Temer. Conversar com o Gilmar sobre “aparar arestas”..sei.
    Falo nada, só observo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *