Anúncio

Anúncio

Reforma da Previdência em direção do cemitério

Após o velório realizado no recesso parlamentar, segue o séquito que conduz a falecida Reforma da Previdência para o cemitério. Os primeiros passos foram dados nesta semana quando a oposição não permitiu que fossem votadas duas Medidas Provisórias, com isto entulhando a pauta da semana após o Carnaval quando deveria ser votada a defunta.

Segue o cortejo fúnebre com o ladrar lateral de que não dará tempo de aprová-la em fevereiro (pouco tempo mesmo, apenas 9 dias contando final de semana no meio) e que a partir de março não haverá mais condições para isto.

Alguns passos ainda serão dados antes do percurso final que será a acusação formal e apoteótica que o presidente Rodrigo Maia fará ao Executivo responsabilizando-o pelo assassinato da tão querida, por alguns poucos, reforma.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *