Anúncio

Por que – O Inalienável

O jornalista Eweraldo Faustini e os repórteres ocultos são os inalienáveis

Sócrates: Acabamos de debater a Alegoria da Caverna e tu chegas. Quem és, O Inalienável?

Glauco: Caiu de paraquedas em Atenas?

O Inalienável: Só estava aqui no futuro calado, ouvindo a conversa de vocês. Adorei! O Inalienável tem muito disso.

Sócrates: Se inspirou em alguém?

O inalienável: Me inspirei na ideia de libertar pessoas das correntes que alienam à estratégia de dar meias informações, dizer meias verdades, ocultar fatos relevantes e editar o que o leitor deseja ler de mais sórdido. Vou dizer o que penso do que sei.

Sócrates: E por acaso alguém aí do futuro já fez isso?

O Inalienável: A ideia pode não parecer tão original assim. Tive um modelo inspirador. Dizer a verdade pode ser uma tremenda novidade.

Glauco: De onde és?

O Inalienável: De um Brasil que funciona e da certo. O da direita, que seja ética. Temos opinião e lado. O lado da transparência.

Sócrates e Glauco: Você deve ter afeição por utopias. Mas o que nós temos com isso?

O Inalienável: Apenas gostei muito dessa história de alienação justamente porque tenho como missão não estar alienado a anunciantes estatais e partidos. Afeto e dinheiro comprometem muito a credibilidade da opinião.

Sócrates: E justamente você resolveu ter a coragem de mudar esse quadro?

O Inalienável: Eliminei os dois pela raiz. Não aceitarei publicidade de órgãos públicos. Isso é inovação total. O leitor agora terá a quem dar credibilidade.

Sócrates e Glauco: E quem é que banca essa joça?

O Inalienável: Ninguém. Comecei do zerØ. Coisa de gente que cansou de reclamar do sofá e não gosta de tapinha nas costas. Vamos ver quem aposta em opinião sincera, hoje tão fora de moda.

Sócrates: Isso é sensacional.

O Inalienável: É um belo e quase inédito produto para se alinhar. Vou incomodar e bagunçar o coreto. Do jeitinho que o brasileiro gosta: opinião com verdade, humor e zombaria.

Glauco: E o leitor, como fica?

O Inalienável: Ao invés de estar subjugado, como acontece nos demais veículos, aqui o leitor tem espaço. É o grande parceiro e fonte, inclusive para publicar seus artigos! E não estou falando de nota de rodapé ou elogios fabricados.

Sócrates: Democratizar a opinião também será uma grande inovação.

O Inalienável: Exatamente. Já que é tão comum gente cheia de ideias e sem ambiente para divulga-las, nesse espaço os comentários e opiniões serão bem-vindos e terão evidência. Não é incrível?

Sócrates: Acho que você vai apanhar, isso sim. Só nunca diga “só sei que nada sei”. Essa frase tem 2,4 mil anos e outra conotação. Aí veio um compatriota seu e esculhambou com a filosofia. Não se esqueça de comentar sobre matérias e jornalistas locais e nacionais. Há muitas cavernas por aí…

O Inalienável: Na terra do 7 a 1, apanhar não é novidade. Certamente comentarei. Ao menos agora temos uma causa que vale a pena. Não tenha dúvidas de que irei a fundo! Sobre as cavernas, há mais que você imagina. O sol vai ofuscar os espíritos que se dizem santos.